Paulo Roberto Batista Junior

Começou a trabalhar aos 16 anos, depois de fazer um curso de html. Construiu um site para uma empresa especializada em intercâmbio, e lá ficou até começar o curso de Engenharia da Computação na Unicamp. Pelos próximos seis anos, atuou como desenvolvedor de sistemas. “Decidi, então, migrar para a área de gestão e foi nessa transição que comecei a trabalhar na Ambev”, conta. Na gigante de bebidas, Paulo passou por várias áreas relacionadas à tecnologia da informação: contratos, suporte, governança e projetos. No ano passado, assumiu a gestão do time de suporte de sistemas da empresa em Blumenau, Santa Catarina. Atualmente, Paulo lidera um projeto para a criação de uma plataforma de e-commerce que utilize mais inteligência artificial e algoritmos, para aprimorar e oferecer experiências cada vez melhores aos consumidores. “A transformação pela qual o mundo passa hoje exige que novas formas de trabalho e relacionamento sejam criadas, testadas e colocadas em prática”, diz. “Inovação é desafiar padrões e buscar soluções simples e escaláveis para os problemas complexos do dia a dia desafio como gestor de uma grande equipe”, diz o gerente de operações. Desafio, no entanto, não é um problema para o jovem paulista. “Meu caminho foi repleto deles”, diz. “Sempre fui incentivado a fazer escolhas grandes que, na maioria das vezes, me levaram a ambientes com poucos pares e muitos preconceitos. Nessa trajetória, a família foi meu grande diferencial e incentivou minha autoestima. Isso fez toda a diferença.  “Atualmente, Paulo lidera um projeto para a criação de uma plataforma de e-commerce que utilize mais inteligência artificial e algoritmos, para aprimorar e oferecer experiências cada vez melhores aos consumidores. “A transformação pela qual o mundo passa hoje exige que novas formas de trabalho e relacionamento sejam criadas, testadas e colocadas em prática”, diz. “Inovação é desafiar padrões e buscar soluções simples e escaláveis para os problemas complexos do dia a dia.”

Fonte: forbes.com.br