Pesquisas

Linhas de Pesquisas

  • Relações étnico-raciais e de gênero

Esta linha de pesquisa tem como finalidade contemplar investigações sobre raça, etnia, gênero, religião e como essas questões se refletem nos mais variados âmbitos da sociedade e nos diferentes espaços e instituições educadoras (família, escola,   trabalho,   mídia,   museus,   centros   culturais,   associações   comunitárias, comunidades quilombolas, prisões, abrigos e instituições no geral). Contempla pesquisas que abordem a desconstrução das relações de poder entre os indivíduos que vivenciam as problemáticas discriminatórias e a reconstrução ou fortalecimento de conceitos em prol da tolerância, bem como, àquelas que apontem de forma teórica e empírica essas situações relacionadas ao cotidiano da população negra.

  • Direitos Humanos e População Negra

Nesta linha de pesquisa é importante destacar a indivisibilidade e a inter- relação dos direitos humanos com a dignidade humana, que há muito passou do status da respeitabilidade exterior na antiguidade para a designação de um fim em si mesma na modernidade. Esse salto em relação a tal conceito propicia que a dignidade, como um princípio, seja reivindicada como uma práxis, inclusive quando lidamos com os tratados internacionais e outras modalidades de direitos que existem para proteger e garantir os direitos do indivíduo e dos grupos sociais. Estudar a relação entre direitos humanos e população negra leva-nos a entender de que forma tais direitos são escamoteados no dia a dia dessa população e quanto à obrigação do Estado em zelar pela garantia e estabilidade social desse grupo em especial.

Trata, também, de uma investigação sobre as formas de racismo que se manifestam na sociedade como forma de violação dos direitos humanos dessa população em especial, quando compreendemos o racismo como internalização de conceitos e preconceitos que redundam na prática da discriminação racial, na inferiorização e diferenciação de negros e negras nos diferentes âmbitos da sociedade. Nesse sentido, promover pesquisas que tratem sobre o desenvolvimento da consciência racial que antecede à experiência da discriminação racial é o caminho que deve ser buscado para a superação dessa prática tão antiga e, ao mesmo tempo, recente e ainda não superada em nossa sociedade.

  • Educação e História do Negro na Produção do Conhecimento

Esta linha de pesquisa é voltada para a investigação da história do negro (a) e sua contribuição para o conhecimento nas áreas da literatura, filosofia, educação, ciência, tecnologia e inovação africana e afrodescendente. Visa desenvolver pesquisas que sejam voltadas para desconstrução dos olhares colonizantes que foram criados e fomentados acerca do negro (a) em nossa nação e que inviabilizam o conhecimento da história deste como sujeito do conhecimento, no sentido de  haver a produção de pesquisas que resgatem a contribuição do negro (a) nos inventos científicos e na produção do conhecimento desde a antiguidade até a Era Contemporânea.

  • Trabalho e Desigualdade de Ocupação da População Negra

Esta linha de pesquisa busca viabilizar o conhecimento acerca das razões de exclusão do negro ao mercado de trabalho e seus mecanismos por meio do processo de branqueamento nesse mercado fomentado por uma ideologia racista que relacionava modernidade, desenvolvimento, evolução econômica e social ao desaparecimento das marcas da escravidão recente e, consequentemente, do seu maior símbolo o ex- escravizado e que foram formando as hierarquias de ocupação nesse mercado com menor representação das pessoas negras. É importante, ressaltar que a principal contribuição nessa área de pesquisa é trazer dados sobre as relações de trabalho e população negra no que diz respeito à ocupação, desemprego, formação, qualificação e rotatividade.

 

Leave a Comment

Your email address will not be published.

You may also like

Read More