João Acaiabe

João Acaiabe nasceu em 14 de maio de 1944 em Espírito Santo do Pinhal, no estado de São Paulo. Ele trabalha em cinema, teatro e televisão. E já trabalhou em rádio.

Iniciou sua carreira artística, ainda adolescente, como locutor de rádio.

Em televisão, o ator começou em 1977, na TV Tupi, na novela: ” O Profeta”. Ainda na mesma emissora, e no mesmo ano, fez: ” Cinderela 77″. Em 1980, ele transferiu-se para a TV Cultura e contava histórias infantis, dentro do programa: ” Bambalalão”, como ele mesmo. Depois em 81, na mesma emissora, fez a novela: ” O Fiel e a Pedra”. Em 82, sempre na Cultura, fez: ” O Pátio das Donzelas” e ” O Tronco do Ipê”. Depois o ator passou para a TV Bandeirantes, e em 83 participou de: ” Maçã Do Amor”. Voltou á Globo em 1985 e fez: “Tenda dos Milagres”. Depois recomeçou só em 1998, na Globo ainda e participou de: ” Alma de Pedra” e “Dona Flor e Seus Dois Maridos”.

De 2001 a 2006, João Acaiabe, na Rede Globo, fez o ” Sítio do Pica-Pau Amarelo”, no papel de Tio Barnabé.

Em 2007  o ator fez a novela global ” Eterna Magia”. Em 2010 fez ” Uma Rosa Com Amor” no SBT. E em 2013 “Chiquititas”, também no SBT.

Em cinema, João Acaiabe começou em 1981, no filme: ” Eles Não Usam Black-Tie”. Em 83, fez: ” A Próxima Vítima”. Em 85: ” Chico Rei”. Em 86: ” O Dia Em Que Dorival Encarou a Guarda”.Em 92, fez: ” El Viaje”. Em 96: ” Irmã Catarina”. Em 98: ” Boleiros”. Em 2000: ” Cronicamente Inviável”. Em 2002: ” A Selva”, Em 2005: ” A Casa de Areia”,

João Acaíbe fez várias peças com Plínio Marcos, entre as quais: ” Barrela” e ” Jesus Homem”, peça polêmica, que apresenta Jesus negro, contestador e nada cordato e que foi representado por João Alcaibe.