História de Luís Gama foi destaque na programação da FlinkSampa 2016

Seminario 3

O legado do escritor, advogado e jornalista Luís Gama foi um dos destaques da programação literária da FLINKSAMPA 2016 (Festa do Conhecimento, Literatura e Cultura Negra) nesta sexta-feira, 19 de novembro.. Os escritores Oswaldo Faustino e Arnaldo Niskier participaram da programação e discutiram a importância de Gama.                       

Para Arnaldo Niskier, Luís Gama teve papel importante no abolicionismo brasileiro e na perspectiva histórica do povo negro brasileiro. "Suas atitudes se desdobraram em ações da emancipação da população negra", afirmou Niskier.                       

Já Osvaldo Faustino discorreu sobre a vida de Gama, que nasceu livre em 1939, mas foi vendido como escravo conseguiu comprovar que era livre e atuou fortemente pelo fim da escravidão, por meio das poesias, dos jornais e como advogado.  Segundo Faustino, "Luís Gama foi o percurso do trabalho da Defensoria Pública no Brasil".                       

A programação de literatura no primeiro dia de FlinkSampa ainda contou com os escritores de reflexões sobre a Literatura Negra Eliana Alves dos Santos Cruz, Júlio César Farias de Andrade, Custódia Wolney,  Luiz Eduardo de Carvalho, André Luis Soares, Paulo Lins e Ferraz. Além dos escritores Ana Paula Maia, FuthiNtshigila (África do Sul), Gonçalves Tavares (Portugal).

A FLINKSAMPA acontece no Memorial da América Latina e na Universidade Nove de Julho (Uninove), em Barra Funda, São Paulo (SP). A programação do evento segue até o dia 19 de novembro.

Por Valmir Araújo

realizacao logo

 

Observatório da População Negra • © Todos os direitos reservados
How to get Coral Bonus full info